Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

segunda-feira, 12 de outubro de 2009

Perdão

Atiraram tantas pedras em meu caminho,
E com elas construí o meu altar.
A lei divina manda só fazer o bem,
Pros inimigos, no altar eu vou rezar.
Para aqueles que só sabem jogar pedras,
Como resposta,
Peço a Deus pra perdoar.
Deixei a minha terra sofrendo igual a um cão,
Meu travesseiro foi pedra.
Minha cama era o chão.
Meu lençol foi o sereno.
Cobertor a escuridão.
Eu só levei muito tombo,
Sem ninguém me dar a mão,
Mas cheguei onde eu queria.
Pra quem me fez covardia,
Peço a Deus pra dar o perdão.
Já engoli muita mágoa,
De parente até de irmão.
Chorei por causa de um doce,
Quando custava um tostão.
Não perdi a esperança.
Nem matei minha ilusão.
Andando com Deus na frente,
Venci toda ingratidão.
É esse o preço da glória,
Pra deixar o nome na história,
Pisei por cima de leão.
Pra quem me fez covardia,
Peço a deus pra dar o perdão.

Autor Desconhecido