Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

domingo, 6 de abril de 2008

A Arte dos Pajés - OS MAITIS

Cada tribo tem suas histórias e tradições. Os caiabis,por exemplo,contam que num passado remoto,junto a uma de suas grandes aldeias,havia outra menor só com pajés que cantavam dia e noite.Um dia as mulheres da aldeia grande,cansadas de tanta maioria,começaram a se zangar. Por isso ,os divinos pajés resolveram ir embora. Foi numa madrugada: começaram eles a entoar um canto mágico que os foi levando com casa e tudo para o alto.Ainda hoje eles estão e continuam cantando sem perder de vista seus parentes da terra.Todas as vezes que são invocados por seus colegas daqui,eles descem para socorrê-los.
Alíás,um traço peculiar da cultura caiabi diz que toda criança que nasce tem dois pais.Um é seu pai físico.O outro é o maiti,o mais importante,porque é o autor de sua individualidade,a "iã-catú" (alma boa).
Quando nasce uma criança, o pai maiti lá do céu fica ansioso por conhecer o filho. Acontece
um curiosos cerimonial.Os homens, de mãos dadas, formam um círculo e de cabeça pendida levemente para um mesmo lado,numa atitude contrita,vão vocalizando um canto mântrico do pajé que conduz a cerimônia. A mãe, com a criança no colo no centro do círculo, a todo momento levanta o filho para que o pai maiti lá do alto o contemple.