Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

quinta-feira, 1 de maio de 2008

Estudo da Doutrina Espírita

Como já dissemos, os próprios seres manifestantes dizem que são Espíritos ou Gênios e que alguns deles, pelo menos, foram homens que viveram na Terra; constituem o mundo espiritual, como nós,
na vida, constituímos o mundo corpóreo.
Damos aqui, em poucas palavras, os pontos principais da doutrina que nos transmitiram, no propósito de mais facilmente responder a certas objeções dos incrédulos.
“Deus é eterno, imutável imaterial, único, todo-poderoso, soberanamente justo e bom.”
“Criou o universo, que compreende todos os seres animados e inanimados, materiais e imateriais.”
“Os seres materiais constituem o mundo visível
ou corpóreo e os imateriais o mundo invisível
ou espírita, isto é, dos Espíritos,”
“O mundo espírita é o mundo normal, primitivo,
eterno preexistente e sobrevivente a tudo.”
“O mundo corpóreo é apenas secundário; poderia deixar de existir ou jamais ter existido, sem que se alterasse a essência do mundo espírita.”
“Os Espíritos revestem-se temporariamente de um
invólucro material perecível, cuja destruição pela morte lhes devolve a liberdade.”
“Entre as várias espécies de seres corpóreos, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação de Espíritos já chegados a um certo grau de desenvolvimento; e é isto que lhes dá superioridade moral e intelectual sobre todos os outros.”
“A alma é um Espírito encarnado cujo corpo
é apenas um envoltório.”

Há no homem três coisas:
1º) o corpo ou ser material;
2º) a alma ou ser imaterial,
Espírito encarnado no corpo;
3º) o laço que une alma e corpo: o Perispírito
que é o princípio intermediário entre a Matéria e o Espírito.
Esse “laço” é uma espécie de envoltório semimaterial. A morte é a destruição do envoltório mais grosseiro; o Espírito conserva o outro, que lhe constitui um corpo etéreo, invisível para nós, mas que, acidentalmente, pode tornar-se visível e mesmo, tangível, como é o caso
nos fenômenos das “aparições”.

“Trecho extraído do Livro dos Espíritos”


Obs.: Se o leitor quiser se inteirar mais detalhadamente sobre o assunto, leia o livro acima mencionado. Lá se encontram as perguntas que Allan Kardec fazia ao “Espírito da Verdade”, que lhe dava as respostas que lá estão contidas.. Aqui você encontrará algumas dessas perguntas e as respostas correspondentes.

Fonte: Site Gotas de amor e luz