Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Prática Espiritual Coração Cósmico

1. Fechem os olhos e relaxem.
2. Pensem no infinito, no inefável, no eterno, no absoluto, no vácuo,
no espaço sideral, no amor que gera a vida.
3. Sinta esta força sutil, mas potente, criando o planeta Terra, e
neste toda a vida existente incluindo você.
4. É o "nada" que se transforma em tudo.
5. Agora imagine, pense, veja e sinta esta energia de vida permeando
toda a Terra, permeando toda a água, permeando todo o ar, todas as
plantas, animais, pessoas,... tudo.
6. Agora sinta as chuvas, o vento, o sol, as correntes marinhas, o
magma da Terra.
7. Sinta a vida pululando e borbulhando em vida...
8. Traga esta energia de vida para dentro de seu peito, interconectada
com todo o universo.
9. Sinta este amor sutil, potente, doce, meigo, gentil, generoso,
fraterno, acolhedor, igualitário, equânime expandindo-se em toda sua
caixa torácica.
10. Sinta este sol dourado brilhante iluminando e expandindo-se por
seu peito e costas e aumentando cada vez mais.
11. Faça com que esta luz expanda tanto até ocupar todo seu ambiente
espacialmente.
12. Faça com que esta luz se expanda até permear e envolver todo o
planeta Terra.
13. Agora sinta uma conexão sutil, coração a coração, chacra cardíaco
a chacra cardíaco, com todos homens, mulheres e crianças da
humanidade. Sinta esta teia de vida.
14. Sinta, perceba, descubra que somos todos Um! Somos todos um único
coração, uma única consciência cósmica fragmentada em "mini pedaços"
conscienciais. Somos deuses perfazendo o corpo de Deus. Somos
hologramas de um Todo Maior constituído de amor, paz, luz e consciência.
15. Mantenha esta sensação agradável, este prazer tanto quanto possível.
16. Relaxe e respire fundo algumas vezes. Vá voltando devagar. Se
espreguice e mova as extremidades. Aos poucos desperte e vá retomando
o estado natural de atenção.

DEUS É BOM OU É JUSTO?

É histórico os conceitos e definições de um Deus antropomórfico.
A figura do "velhinho" de barbas brancas bondoso só revela o estado
emocional da humanidade que tenta
materializar o abstrato, intelectualizar o Eterno e racionalizar o
Infinito.

Para os homens o perdão é o evento do ofendido que hora magoado, dilui
em compreensão
a agressão do algoz.
Aos olhos dos homens o perdão é o bem e a agressão é o mal.
Para quase todos a bondade divina é o perdão a nossos erros, como se
Deus (uma inteligência Maior ou o nome que queira), embora magoado e
zangado com nossos erros, depois falasse no "Juízo Final":

_Ah, tá tudo bem!
_Embora você cometeu um milhão de erros estúpidos, imundos e de má fé,
você se arrependeu e pode entrar no paraíso.

É o tal Deus "fiel" para quem se julga fiel a Ele.
Os papéis se inverteram: é Deus quem é fiel e servo e não o homem.
Bem, é este o conceito de Deus bonzinho, emocional, emotivo e
irracional, que deseja desafiar as próprias
leis naturais e perdoa as maldades (mesmo as de má fé) dos homens.

É a projeção umbilical do estado de consciência médio da humanidade as
leis Eternas e incomensuráveis do universo.

É como se fosse possível barganhar, chantagear, subornar e insistir:
_Ah, vai Deus! Perdoa, vai!

Um estado de consciência primitivo, rude, subracional, egoísta e
mesquinho.
As promessas religiosas são verdadeiros subornos, mercados e afrontas
a inteligência divina:
_Se eu ganhar o carro zero eu rezo 300 Ave-Marias e dou a volta na
quadra de joelhos e minha vó vai até Aparecida do Norte rezar com a
vela na mão.

Não cabe aqui e agora detalhar os casos que supostamente deram e dão
certo nas promessas diversas.
Não estou discutindo ou desrespeitando a fé, mas debatendo os
processos racionais desta faceta.
Discutir bioenergia, carma, concentração e neurolinguística fica para
outra seção mais técnica e profunda.

Estas pessoas ficarão indignadas ao saber por minhas modestas linhas
que Deus não é bom. É oportuno dizer que tambem não é mal. A
dualidade, a contradição e o paradoxo são eventos humanos e não divinos.

O problema é que bem poucas pessoas conseguem abstrair este processo:

Se Deus é bom, ele não é justo.
Se é mal, também não é justo.
Ou Ele é justo ou é bom/mal.

Não há como ser as duas coisas ao mesmo tempo.
Deus também não perdoa ninguém, porque não se ofende, não se magoa e
não pode ser atingido de forma nenhuma.
Bem difícil fazer um incauto, religioso fanático entender isto.
Deus não é humano, não é velhinho, não tem barba, não é emotivo e nem
pessoal.
Não sorri, fica feliz ou bravo ou possui religião. Só os néscios
acreditam nisto.

Deus são todas as Leis Naturais macro e microcósmicas que nos
envolvem, a outras dimensões, multiversos, planos e infiinitas
densidades incognoscíveis. Deus são as Leis do espaço vazio, da
energia, da matéria e da transcendência.
Estas leis são inexoráveis e não aceitam as negociações umbilicais
humanas.

Portanto, Deus não é fiel, Ele é justo!
Deus não é bom, Ele é justo!
Você e eu estamos imersos na Lei Maior, dê o nome que quiser: Alá,
Jeová, God, Zeus, Karma, Arquétipo, Inconsciente Coletivo, Eterno,
Absoluto, Om, Imperecível, Shiva, Brahman, Bíblia, Corão, Cabala, etc.

A Lei é uma só, igual e válida para todos, sem privilégios ou prejuízos.
É conclusivo que se desejamos nos aprofundar e entender mais as Leis
Divinas, precisamos saber abstrair as idéias avançadas para conseguir
alcançar estados alterados parapsíquicos e expansões de consciência.

Fato este que só é alcançado com relativo sucesso através do chacra
coronário, nossa principal conecção com Cosmos ou Portão de Brahman.

Dalton C Roque 25/03/2007 - Curitiba - PR
www.consciencial.org