Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

segunda-feira, 23 de junho de 2008

Prática espiritual Coração Gaia


1. Fechem os olhos e relaxem.
2. Imagine um espaço sideral sem nada, apenas vazio e escuridão. Você
não tem corpo nem forma. Nem luz você é. Apenas consciência pura,
apenas "nada" manifestado, o vazio permeando o infinito perene.
3. Lentamente você começa a brilhar em luz, iniciando à partir de um
ponto infinitamente pequeno.
4. Este ponto começa a se expandir velozmente. Começa a se expandir na
velocidade da luz e crescendo em velocidade infinita.
5. A negritude vazia do universo vai se enchendo de luz eterna,
imperecível e brilhante.
6. Começa a surgir desta luz poeira cósmica. Esta poeira começa a
formar planetas, estrelas, cometas, buracos negros, sistemas solares e
galáxias inteiras.
7. Você que é pura luz que permeia todo o universo e se sente
onisciente de todo este processo continua a gerar luz, luz e mais luz
de forma tranqüila, serena com muito amor e confiança.
8. Você é um sorriso cósmico, um sorriso perene do eterno que banha
tudo de luz.
9. Estes planetas, estrelas, sóis, poeira cósmica, buracos negros
começam a se encher de vida progressivamente.
10. Surgem amebas, insetos, peixes, aves, mamíferos e homens e a vida
prossegue em combinação e permutação infinita e eterna.
11. Há várias dimensões conscienciais nestes orbes simples e complexos.
12. De repente todo este universo, toda esta luz, toda esta paz e
perfeição está dentro de seu peito gerando vida e amor dentro de você.
13. Seu peito brilha tanto que quase te cega. Ilumina todo o planeta
Terra, todo o universo.
14. Esta energia não cessa, ela possui uma inteligência silenciosa
auto-sustentável e mesmo que você desvie ou disperse a atenção ela se
mantém naturalmente.
15. Agora ela continua, mas se posso chamar assim, sem perder força ou
qualidade, esta luz se torna invisível e calada e discreta ela permeia
todos os corações do universo.
16. Mantenha esta emanação tanto quanto for agradável sem nunca forçar
a mente ou qualquer músculo de seu corpo.
17. Quando achar necessário vá voltando lentamente.
18. Relaxe e respire fundo algumas vezes. Vá voltando devagar. Se
espreguice e mova as extremidades. Aos poucos desperte e vá retomando
o estado natural de atenção.

Esta prática pode ser chamada de vivência, de prática bioenergética ou
espiritual.
Dalton – Curitiba – 21/09/2007 – www.consciencial.org