Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Tudo é Tudo e as Novas Conspirações Cósmicas


Tudo é Tudo e as Novas Conspirações Cósmicas


O que isto quer dizer? É algo que disse certa vez, anos atrás quando, ainda na cidade de Alegrete, antes de toda a história do MOINTIAN iniciar, tínhamos um grupo de estudos. Veja o contexto: estávamos estudando muitas coisas, cada um provinha de um grupo distinto, com formação teórica distinta, com percepções distintas e uma miscelânea de informações estavam fluindo em nossa direção. Cada um tinha uma parcela da verdade, como dizem, mas eu acho que era uma parcela de meia verdade ou mesmo de enganação (olhando a partir da perspectiva que temos atualmente). Mas cada um com pontos de vista distintos e pouco consenso. E não porque estivéssemos errados simplesmente, senão que estávamos todos certos. Esta é a parte difícil de entender. Mas é assim. Porque vamos entendendo o mundo e aos outros e a nós mesmos de acordo com o que experienciamos, vivenciamos e absorvemos. E quando temos alma, isto ainda é mais intenso e profundo, e quando temos mônada, muito mais profundo.

Mas este é o fato e parece que inicio pelo final. É isto mesmo que pretendo. Porque serão tantas idéias flutuando por estas próximas páginas que tentarei expor aqui, que preciso dar esta lucidez e alegria inicial para que saibamos que no final da leitura deveremos estar com esta mesma tranqüilidade aqui demonstrada.
É um tema abstrato, um tanto louco este que vou tentar expor. Tantas teorias, tantas concepções, tantas cabeças pensando, tantas querendo dissimular, tanta hipocrisia e pouca verdade provável e menos ainda demonstrável... Por sorte não estamos lidando com a mente concreta, mas com o intuitivo, no sentido de desconstruirmos as idéias que nos colocam e obtermos uma luz sobre estas hipóteses.

Falaremos de raças, especialmente, hoje, de Anunnaki, reptilianos, deuses, uma pseudo-física, e algumas outras coisas. Será um artigo extenso. Então, preparemos o mate e comecemos a charla...

Vamos iniciar situando-nos no tema.

Diante de determinados questionamentos que tivemos em conversas, resolvi atualizar-me a respeito das mais novas teorias, grupos e conclusões que se pode obter na mídia atual sobre a origem da humanidade, as perspectivas futuras diante dos discursos catastróficos e certas teorias sobre a energia e as dimensões acessíveis.

Como todos devem saber, minhas conclusões a respeito de qualquer ponto nunca estão baseadas em outros autores, ou nas idéias de grupos ou instituições e muito menos em compilações de obras, mas em pesquisas realizadas na vida pratica, na percepção e na vivência em distintos níveis de consciência. Por este motivo tenho sempre falado que estou muito só, porque no momento em que penso poder confiar em algum grupo ou autor, já tenho a percepção exata de onde eles querem chegar e o que estão fazendo com as energias que trabalham, e se isto é realmente para beneficiar aos que se aproximam deles ou só a eles mesmos. Tenho uma ética interna que me policia neste sentido e a decisão de colocar nomes, citar autores, neste momento, só me permiti para que possamos obter o maior número de informações a respeito do mundo em que estamos vivendo e, principalmente, do sem-número de ilusões a que estamos sujeitos, principalmente aqueles que são bem-intencionados e voltados para o que, até aqui, acreditávamos como sendo a espiritualidade.

Num primeiro momento deixei-me aberto para as informações de maneira até mesmo perigosa, porque fiquei exposto ao fluxo do discurso e de uma possível lavagem cerebral. Fiquei imaginando que grande catástrofe mental para uma pessoa desavisada ficar navegando pelo Google a procura de “informar-se” sobre estas coisas. Tomei então as dores destes pesquisadores, buscadores e curiosos e fui adiante ver até onde a confusão poderia me levar. Confesso que quase morri num dilúvio de “desinformação”... Mas voltei para poder fazer uma alegre conclusão.

Esta pesquisa também foi realizada para saber se outras pessoas ou autores estavam comentando a cerca de determinados fatos que tomei ciência a partir do que chamamos plano interno, que mostravam a situação da dominação dos reptilianos e sua influência no planeta e na vida humana.

No início do ano 2000 foi-me mostrado o que estava sendo escondido no lado oculto da lua, por exemplo. Os draco, que são seres pálidos e altos, com aparência de morcego, e representam a “pureza da raça reptiliana”, estavam sendo mantidos em estações para uma tentativa de reversão do quadro de negatividade. Foi-me dito que em 2036 ou por volta desta data, cerca de 50% da população terrestre seria de híbridos de humano com esta espécie. Alguns destes draco fugiram destas estações (ou foram auxiliados a fugir) e deram origem a projetos dos híbridos da Terra. Acrescentamos a isto o fato que na terra já estão vivendo os híbridos produzidos em escala desde há milênios, que falamos antes, como sendo os sem-alma e os robôs e, ainda mais, os que já eram mescla destes seres, ainda que em evolução. Vemos então um quadro bastante preocupante, se levarmos em consideração apenas este aspecto dos fatos atuais do planeta. Ao mesmo tempo, temos estes dados mais claros na atualidade devido a que muitos véus, como também já havia falado anteriormente, caíram e podemos ver ao mundo e as realidades sutis de uma maneira renovada.

A influência astral que estes seres produzem é ainda tema para mais discussão, haja vista que os seres que podemos chamar escravos dos draco, que são tipo morcegos gigantes, do tamanho mínimo de uma pessoa, sugam a energia do ser humano e levam para os “chefes” através da quarta dimensão.

Quero deixar claro que não é meu interesse e nunca foi colocar descrições de coisas que ocorrem no plano astral. Até porque sempre fui da opinião que, quanto mais distante deste plano estiver, mais conseguiremos nos dirigir para o divino que somos. Nisto inclui-se o afastamento de adivinhações, profecias, psiquismo, vidências, etc. Sobre estes pontos já temos falado bastante em vários tópicos anteriores.

Começamos colocando os fatos relativos a esta nova construção da espiritualidade nos artigos anteriores, quando expusemos alguns tópicos a respeito da enganação que nos foi transmitida como critérios para a evolução espiritual acontecer. Podemos ver que na verdade o que era tido como uma grande busca pela iluminação ou espiritualização, era mesmo uma maior prisão, mesclada com conceitos religiosos e new-age que não nos levariam a lugar algum.

Diante destes fatos e de outros questionamentos que tive a idéia de ver onde poderíamos nos apoiar para conseguir de fato ter ferramentas sólidas para podermos fugir destas falsas verdades que nos transmitiam.

Estive pesquisando a cerca das novas teorias conspiratórias e catastróficas que assolam a mente e a imaginação místico-esoterica-new ageana do momento.

Comecei esta pesquisa investigando uma pessoa chamada Alex Collier, que é um contatado por seres de uma região de Andrômeda por mais de trinta anos. Logo vi que ele se associou a determinados grupos que considerei surreais e fora do propósito real a que temos nos dedicado. Tal associação me traz a conclusão de que ele fica com 50% de credibilidade, relativa ao período que não estava associado a estas pessoas. Suas informações, ainda que diga provenientes de seres de Andrômeda, não são da mesma raça que sempre falei que eu mesmo provenho. Não mesmo. Até nunca havia visto nada igual ao que ele descreve. Não faz parte do meu trabalho. Mas a idéia que traz de muitas coisas pode-se dizer que são bastante convincentes ou até mesmo realidade.

Uma das pessoas com as quais ele se associou foi uma mulher chamada Laura Knight, que se diz canalizadora de um ser ou mestre, e faz uma voz estranha quando se diz estar possessa, para arrebanhar multidões... só o fato de se dizer canalizadora já demonstra a falsidade em qualquer ação. Por que não ensinam as pessoas a adquirir força para se tornarem como os seres que pretendem atingir, que seriam seres superiores, para trazer as tais informações por si mesmos?

Cheguei a ver alguns vídeos e textos de uma outra Laura, que não consigo nem lembrar o sobrenome, que se diz transmissora de uma mensagem de seres de Cassiopéia do futuro. Mas quanto a esta e aos seus contatos, posso dizer que a mensagem provém do fundo se sua mente insana. Ouvi a ela mesma na internet, falar de psicopatas e coisas assim, mas ela é uma pessoa que deveria se resolver. Inteligente ao extremo, compiladora de idéias, pode ter no máximo encontrado restos de uma civilização do passado remotíssimo que teria pensado que falava do seu próprio futuro, ou ao futuro de sua espécie, porque os relatos não são para nós. E o caos que está gerando com a confusão de teorias, misturando física e espiritualidade, causam ainda maior confusão. A pessoa vai achar que se não souber de física não pode alcançar a sua divindade.

E isto é um serviço? Acho que não. E quanto a que nada mais se pode salvar ou mesmo encontrar outro destino, isto sim é uma grande desinformação. É o mesmo que dizer que fomos todos condenados desde todo o sempre e que tudo o mais que fizemos foi fruto de nossa mente insana. Insanos podem ser os que fizeram aquele seu movimento crescer e se espalhar.

E nesta ultima, ainda, parece tanta confusão de pensamentos que só posso supor que é uma forma de manipulação e de retirar o foco principal da questão, que é a chave de tudo isto: que o movimento para atingir o divino em cada um estava fazendo muito barulho e agora estas idéias ainda mais fantásticas vem ofuscar o trabalho já conquistado. Manipulação infiltrada dentro da massa de buscadores, primeiro para tentar ridicularizar o progresso da luz e do trabalho verdadeiro e depois para retirar do foco aqueles que acham importante a mescla entre ciência e espiritualidade.

Por isto, desde que inicio este artigo, vou salientando: confiem somente em seu ESPIRITO. Aceitem somente o que diz seu coração. Mesmo que ele se engane algumas vezes, ou que tenha arroubos emocionais, é o mais correto para esta caminhada tão cheia de obstáculos, nesta estrada de pouquíssimos tijolos de ouro.

DELCI JARDIM