Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

terça-feira, 26 de junho de 2007

Aïvanhov

Homens e plantas


"A estrutura do ser humano é análoga a das plantas, mas com a diferença de
que essa estrutura é ao contrário: aquilo que representa as raízes do ser
humano encontra-se no alto, no plano causal. Sim, as raízes do homem
encontram-se no seu cérebro, e é através do seu cérebro que ele capta
forças.
O cérebro das plantas encontra-se na terra, e é formado pelas suas raízes.
As folhas são os pulmões, e as flores são os órgãos sexuais. A planta que
não tenha podido efetuar corretamente o seu trabalho nas raízes não pode
produzir nada. A árvore que não produz frutos foi bloqueada nas suas raízes.
Do mesmo modo, o homem torna-se improdutivo e não pode manifestar-se
corretamente no plano físico se, através do seu cérebro, não pôde captar
forças no mundo divino."

Mundo perfeito


"Vocês encontrarão por toda parte pessoas que se lamentam de que o mundo
está mal feito: quantos fatos são a prova disso! Essa, porém é apenas
opinião delas. De acordo com a Inteligência Cósmica tudo está bom, tudo está
no seu lugar, pois ela sabe servir-se disso tudo.
Peguem como exemplo um químico: em seu laboratório pode haver venenos,
vírus, ou até explosivos, mas ele não se serve deles para envenenar ou
destruir os seres humanos, mas para encontrar elementos úteis e curativos.
Então, como se pode pensar que a Inteligência Cósmica não é capaz de fazer
aquilo que um químico faz? Ela precisa de todos esses materiais, de todos
esses elementos que nós consideramos ruins; eles são úteis na economia
universal. Se os humanos não sabem utilizá-los é culpa deles, mas isso não
significa que o mundo tenha sido mal feito."

Fogo


"Todo grande período da história do mundo é marcado pela preponderância de
um dos quatro elementos: terra, água, ar e fogo. Na nossa época, é o fogo
que dominará. e humanidade conhecerá o fogo em todas as suas formas. Eis
porque devemos aprender a nos tornarmos amigos do fogo.
Ligando-nos ao sol - que é o verdadeiro fogo - e contemplando-o, pouco a
pouco, mudamos as vibrações do nosso ser até nos sentirmos fundidos com ele.
Aqueles que amam o sol e compreenderam o lugar que ele deve ocupar na sua
vida espiritual, serão protegidos e resistirão às agressões do fogo."

Ganhos e perdas


"Como fazer para não perder aquilo que se ganhou? Abraçando a vida
espiritual, vocês consagram tempo para a oração, para a meditação, para a
leitura de obras filosóficas e místicas que fará com que percebam as
verdades mais profundas. Então, o seu coração se enche de amor, o seu
intelecto se ilumina, e o sentido da vida, enfim, lhes aparece claramente.
Mas depois de alguns momentos de vida intensa, acontece de se deixar levar
pelas preocupações totalmente comuns, e perdem o benefício do trabalho que
realizaram. Por isso, prestem atenção! Comecem, sobretudo, por estarem
vigilantes nas suas conversas. Procurem falar apenas assuntos construtivos,
pronunciar apenas palavras boas que darão aos outros coragem, uma melhor
visão das coisas e o desejo de avançar no caminho da luz. As palavras são
sementes, e sementes crescem: podem produzir flores e frutos, ou espinhos e
plantas venenosas."

Escolhas


"Mesmo que o seu caminho seja cheio de obstáculos que os fazem tropeçar,
vocês podem se levantar e continuar a progredir no caminho do bem.
Evidentemente, é melhor não cair, e, para esse objetivo, vocês sempre devem
escutar a sua voz interior para que não façam uma escolha errada, pois, uma
vez feita a escolha, deverão assumir as suas conseqüências até o fim.
Uma imagem: depois de terem subido sobre um telhado, vocês podem escolher
descê-lo usando uma escada, ou jogando-se no vazio. Se decidirem saltar,
estarão imediatamente sujeitos à lei da gravidade, e se esfacelarão no chão.
Um momento antes, vocês tiveram livre escolha, mas, no momento seguinte, ela
acabou: vocês caem. Naturalmente, se no decorrer da sua vida vocês tiveram
uma má orientação que lhes desagradou, sempre poderão decidir mudar a
direção. Mas quantos esforços deverão fazer de novo! Então, sejam
conscientes de que deverão refletir antes, e não depois."

Omraam Mikhaël Aïvanhov


Enviado por: "Ana Lucia Sarcià" lusarcia@yahoo.com.br lusarcia