Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

sábado, 30 de junho de 2007

O Verde

Por Sílvia Fávero
" É a cor da cura, da saúde e do equilíbrio, pois no espectro solar fica entre as cores quentes (vermelho, amarelo e laranja) e as cores frias (azul, índigo e violeta). É o símbolo da esperança e do crescimento.
Para os Alquimistas o verde é o começo do grande trabalho de alquimia e transmutação dos metais básicos para o ouro, da alma plúmbea em alma áurea.
Hermes Trimegistus, famoso alquimista, foi o primeiro a elaborar um método de cura através das cores. Ele escreveu a Tábua Verde, dizendo que assim como é em cima também é embaixo.
A cor verde atua no coração no sistema circulatório, na pele, nas mãos, nos pulmões e no tórax. É uma cor que traz amor, altruísmo, aceitação e compaixão.
As pessoas que preferem o verde são, geralmente, ponderadas e comedidas. São criativas e tem facilidade em planejar e idealizar, mas têm dificuldade em executar seus projetos. Não se entusiasmam facilmente com situações ou pessoas novas. São sérias e confiáveis mas também inflexíveis e obstinadas, chegando à teimosia. Não são românticas e têm dificuldade de expressar seus sentimentos.
Aqueles que não gostam da cor verde têm como característica não gostar de ficar no meio termo e não gostar de situações indefinidas.
Essa cor é calmante, relaxante, alivia a tensão. Assim, ajuda nos casos de irritação, insônia e esgotamento, transmitindo uma sensação de paz e bem estar. Sempre que precisamos equilibrar nossos pensamentos, remover nossos medos e compreender melhor a vida e o mundo, podemos usar uma lâmpada verde no ambiente em que estamos.
No aspecto físico o verde auxilia em todos os processo de cura, equilibrando os órgãos. É o antibiótico das cores pois é anti-séptico, bactericida, germicida e desinfetante. Trata doenças do coração, do sangue e do sistema circulatório. Além disso, é importante auxiliar em problemas de baço, pâncreas e fígado. Age sobre o sistema digestivo, mas a atuação é diferente da cor amarela. Enquanto o amarelo age por ser a cor específica do plexo solar, o verde age na decomposição molecular dos alimentos.
Alguns cuidados que devem ser respeitados quando é usada essa cor:
Como acalma, seu uso contínuo pode causar fadiga especialmente nas pessoas que já estão esgotadas. Mas o cuidado mais importante é que não deve ser usado por mulheres grávidas, diretamente sobre o abdome, pois atua sobre a estrutura da célula embrionária.
VISUALIZANDO A COR VERDE:
Visualize-se andando em uma floresta na primavera. Veja o verde das árvores. Sua energia interior aumenta como nas árvores e em toda a natureza. Você sente-se jovem como se a vida estivesse começando: cada dia é um novo dia. Inspire a cor verde lentamente. Inspire e expire. Sinta a cor verde entrando nos seus pulmões e se expandindo para todo o seu corpo.
Afirme: "o raio verde flui através do meu coração, trazendo paz, harmonia e equilíbrio a todo o meu ser. Sinto-me jovem e livre. Minha vida está apenas começando."
O VERDE NA DECORAÇÃO:
O verde na decoração sugere equilíbrio. Essa cor na sala ou quarto suaviza os pensamentos, ajuda a diminuir o stress, trazendo calma e tranqüilidade. Se você quer colocar verde na sua sala não pinte todas as paredes dessa cor, pois pode ficar monótono. É interessante colocar muitas plantas. Já no quarto as plantas não são indicadas. Pinte pelo menos uma parede verde escolhendo sempre tons pastéis. Você pode, também, optar por colocar uma lâmpada verde no seu quarto e dormir diariamente com ela.
O VERDE NAS VESTIMENTAS:
Use roupa verde sempre que necessitar de equilíbrio. Como essa cor evita o desgaste excessivo, use-a quando estiver em grande atividade. O verde é a cor do crescimento, sucesso e sorte; atrai prosperidade. Mas evite usar uma roupa verde quando precisar assumir um posicionamento firme, pois pode ter alguma dificuldade. Mas, de modo geral, essa é uma cor para ser muito usada trazendo calma, equilíbrio e saúde."