Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

sábado, 30 de junho de 2007

O Vermelho

Por Sílvia Fávero
"...A cor vermelha correspondente ao chakra básico e que é a primeira cor do espectro solar. Ela tem a vibração mais lenta de todas as cores visíveis e afeta as emoções mais rapidamente que qualquer outra. Dá energia e força e é o raio da paixão em todos os aspectos. Mas o vermelho é uma cor perigosa. Em todo o meu tempo como Cromoterapeuta só usei essa cor uma vez, em um caso de impotência sexual... aliás com excelentes resultados. Mas, em principio, qualquer pessoa que esteja começando a usar a cromoterapia deve evitar o seu uso pois as contra-indicações são inúmeras.
O vermelho estimula a raiva e a agressividade. Sendo assim, cuidado!! Além disso, não deve ser usada em casos de inflamações em geral e neurite ou flebite em particular.
Cuidado ainda com os hipertensos, pessoas com problemas de coração ou taquicardia
. O vermelho faz subir a pressão e aumenta os batimentos cardíacos.
Por conta de todas essas restrições é que evito o uso do vermelho. Prefiro o laranja que tem quase as mesmas características sem os mesmos perigos. Levem em conta que essas restrições existem no caso do uso da cromoterapia com lâmpadas, pedras ou água solarizada e não no uso da cor em vestimentas. Mesmo se usada em ambientes os cuidados podem ser bem menores. (...)
Essa cor é vitalizante, estimula a alegria, mantém a pessoa em contato com a realidade física, desperta a sensação de poder e a vontade. Estimula a sexualidade. Afasta a depressão, a tristeza e a melancolia. Elimina os sentimentos de culpa e ajuda na ligação com a terra. Usamos a cor vermelha para problemas na coluna vertebral, nos rins, nas pernas, nos pés, nos ossos, nos dentes, nas unhas, no intestino grosso, reto e ânus. Também é usado nos casos de pressão baixa e hipotermia, pois ajuda a subir a temperatura do corpo. Pode ajudar em casos de impotência sexual. Ela atua diretamente nas glândulas supra-renais, liberando a adrenalina. Combate a anemia.

Visualizando a cor vermelha:

Visualize-se em um jardim. Olhe em volta e veja uma bela plantação de rosas vermelhas. Vá até ela e sente-se. Feche os olhos. Respire a cor vermelha repetindo a afirmação: o raio vermelho está se espalhando pela minha corrente sangüínea, dando-me vida nova e coragem para tudo o que tenho de fazer. Eu sou forte, corajoso(a) e bem sucedido(a), em tudo que faço. Fique alguns minutos no jardim e vá voltando, aos poucos, para o aqui e agora.

O vermelho na decoração:
É uma cor muito quente e portanto cansa logo. Colocar uma parede vermelha em uma sala pode parecer bonito em um primeiro instante mas depois de pouco tempo lhe dará vontade de sair desse lugar. Além disso, cuidado pois poderá estimular a agressividade das pessoas que freqüentam o ambiente ocasionando brigas em casa.
Nunca pinte de vermelho a parede de um quarto a menos que queira se arriscar a sofrer de insônia. (...) Também é inadequado ter uma sala de jantar ou uma cozinha vermelha pois aumentará o apetite de quem estiver nela. Não é à toa que o McDonald's usa o vermelho e o amarelo no seu logotipo.(...)

O vermelho nas vestimentas:
Quando se veste uma cor ela somente tem influência se o tecido for de algodão. O sintético não influencia o organismo. Mas o vermelho é indicado quando se está triste ou deprimida. Se você tem pés e mãos frias use luvas e meias vermelhas de algodão.
Quando minha filha estava fazendo vestibular tinha que estudar muito à noite pois além dos trabalhos da escola ainda devia rever toda a matéria para a prova. Para ela esse horário era muito complicado, pois é uma pessoa que tem normalmente muito sono. Começou então a usar meias vermelhas de algodão enquanto estudava e conseguiu ficar acordada..."