Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

Descortinando o Processo

Descortinando o Processo

Citando o Dr. Joe Vitale:

Com toda sinceridade, falando em caminhos espirituais, técnicas de cura alternativas, de domínio da mente, tudo que você já estudou, visualizou, colocou em prática, divulgou, doutrinou, defendeu, como afirmações, técnicas variadas de estabelecimento de metas, de manifestação, tudo isso tem efeito, traz satisfação, funciona todas às vezes, sem exceção?
Com certeza não. Já se perguntou por quê?
Porque são brinquedos da mente. Brinquedos que fazem você pensar que você tem o comando. Que você pode pensar, fazer e acontecer. Mas a realidade é que você não tem o comando, o controle. Os verdadeiros milagres acontecem quando você deixa de lado os brinquedos, os recursos acumulados da mente, e confia naquilo que não faz parte da tagarelice mental que se encontra dentro de você, seu elo com o Divino. Agora, como permitir que este elo se revele?
Através deste sistema, o Ho’oponopono.

www.portalquantum.com

Ho’oponopono significa “corrigir um erro” ou “tornar certo” na língua original dos havaianos. O Ho’oponopono tradicional faz parte do sistema de cura Huna, que é o nome que o empresário/pesquisador americano Max Freedom Long deu à sua versão do espiritualismo dos povos antigos do Havaí. Mais adiante temos informação sobre Huna aos que se interessarem, mas este Ho’oponopono sobre o qual escrevo aqui é bem diferente do Ho’oponopono Huna. No sistema Huna o processo de cura Ho’oponopono é interpessoal, requer a participação de todos no processo de reconciliação, de solução de problemas.
Este novo Ho’oponopono, o Ho’oponopono Identidade Própria é um processo intrapessoal, é você em comunicação com a Divindade. Foi desenvolvido pela Kahuna Morrnah Nalamaku Simeona que o ensinou a várias pessoas entre elas o Dr. Ihaleakalá Hew Len.

Como praticar o Ho’oponopono da Identidade Própria

• O intelecto não dispõe dos recursos para resolver problemas, ele só pode manejá-los. E manejar não resolve problemas. Ao fazer o Ho’oponopono você pede a Deus, a Divindade, o Universo, o Tudo que HÁ, a Força Superior (conforme você concebe e entende essa Força) para limpar, purificar a origem destes problemas, que são as recordações, as memórias. Você assim neutraliza a energia que você associa à determinada pessoa, lugar ou coisa. No processo esta energia é libertada e transmutada em pura luz pela Divindade. E dentro de você o espaço que foi liberado é preenchido pela luz da Divindade. Então, no Ho’oponopono não há culpa, não é necessário reviver sofrimento, não importa saber o porquê do problema, de quem é a culpa, sua origem. No momento que você nota dentro de si algum incômodo em relação a uma pessoa, ou lugar, acontecimento ou coisa, inicie o processo de limpeza, peça a Deus: “Divindade, limpe em mim o que está contribuindo para este problema.” Então use as frases desta sequência: “Sinto muito. Me perdoe. Te amo. Sou grato.” várias vezes, você pode destacar uma que lhe toca mais naquele momento e repeti-la. Deixe sua intuição lhe guiar.

• Quando você diz “Sinto muito” você reconhece que algo (não importa se saber o que) penetrou no seu sistema corpo/mente. Você quer o perdão interior pelo o que lhe trouxe aquilo.

• Ao dizer “Me perdoe” você não está pedindo a Deus para te perdoar, você está pedindo a Deus para te ajudar se perdoar.

• “Te amo” transmuta a energia bloqueada (que é o problema) em energia fluindo, religa você ao Divino. Ela contém os três elementos que podem transformar qualquer coisa: gratidão – reverência – transmutação.

• “Sou grato” é a sua expressão de gratidão, sua fé que tudo será resolvido para o bem maior de todos envolvidos. A partir deste momento o que acontece a seguir é determinado pela Divindade, você pode ser inspirado a tomar alguma ação, qualquer que seja, ou não. Se continuar uma dúvida, continue o processo de limpeza e logo terás a resposta quando completamente limpo. Lembre-se sempre que o que você vê de errado no próximo também existe em você, SOMOS TODOS UM, portanto toda cura é auto cura. Na medida em que você melhora o mundo também melhora. Assuma esta responsabilidade. Ninguém mais precisa fazer este processo, só você.

Sobre o direcionamento de um "pedido" para resolver um problema específico; a princípio não é necessário.

Muitas vezes a intenção de se mudar uma condição desagradável piora a situação por energizá-la ainda mais com a atenção dada. A vontade de mudar reforça a condição atual, a fazendo perdurar por mais tempo. Melhor pedir a Deus para limpar as memórias responsáveis pela ansiedade em relação a determinado problema. A lembrança lhe provoca ansiedade, este sentimento é o elo direto com a memória que causa o problema. Não importa saber o porquê, de onde veio, etc.. Pratique o Ho'oponopono e deixe a Divindade resolver a questão, decidir qual o resultado. Será sempre o melhor. O mesmo vale para o bloqueio em algumas áreas da vida. Todos nós temos bloqueios. Então, peço a Deus que limpe em mim as memórias que compartilhamos, limpe em mim as memórias que causam os problemas, transmute-as em pura Luz.