Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

segunda-feira, 20 de agosto de 2007

A MEDITAÇÃO DOS DOIS PODERES

pelo druida Ian Corrigan
texto original em : http://www.adf.org/rituals/meditations/two-powers.html
traduzido por Bellovesos
Esta é uma meditação básica planejada para ligar o espírito e a carne do Druida às correntes da Terra e do Céu. Baseia-se em métodos que se tornaram conhecidos no trabalho pagão como "aterramento e centramento". Todos esses métodos tencionam conectar o estudante aos poderes espirituais no cosmos e proporcionar canais equilibrados de fluxo para esses poderes na alma individual. Algumas formas dessa técnica deveriam preceder qualquer trabalho de adoração ou magia. O modelo dos Dois Poderes baseia-se em conceitos centrais na tradição indo-européia, de qualquer modo, a única visão ou modelo mítico útil em nosso Druidismo.
O trabalho começa com o praticante sentando-se, ou permanecendo em pé, numa posição confortável em seu local de meditação. Segue-se agora um roteiro para uma versão do trabalho dos Dois Poderes. Você deve ler o roteiro até se familiarizar com o seu padrão ou, talvez, até mesmo gravá-lo numa fita para as primeiras vezes em que praticar. Em breve, com a prática, você conhecerá a ordem básica e será capaz de prosseguir de memória. A melhor prática é memorizar a seqüência de imagens, mas isso se torna mais fácil com algumas repetições com orientação falada.
O Roteiro
Comece, buscador da sabedoria, com sua respiração... respire profundamente, a partir do seu ventre... para dentro... e para fora... deixe confortável o seu corpo... alongue-se, caso precise, acomode-se no lugar... e focalize-se em sua respiração... observe sua respiração ao fluir para dentro e para fora do seu corpo... e, com cada respiração, permita que seu corpo relaxe... deixe que sua respiração leve embora a tensão de sua carne... relaxando seus pés e pernas... permitindo que sua barriga relaxe... a respiração levando a tensão de seus ombros e braços... do seu pescoço... relaxando seu rosto e boca, seus olhos... com cada respiração, seu corpo se torna mais quente, confortável e relaxado... sua mente alerta e preparada para a magia...
Agora, com seu corpo quieto e calmo, imagine que, dos seus pés, ou da base de sua coluna, raízes começam a crescer para baixo... raízes crescendo para dentro da terra, atravessando o solo e a pedra... aprofundando-se e espalhando-se... avançando para tocar as águas sob a terra... a correnteza da Terra... o poder escuro, frio, magnético que alimenta e sustenta a vida... enquanto suas raízes tocam essa correnteza, ela é conduzida para dentro e para cima em seu corpo... sua respiração traz o poder da Terra para cima... para dentro do seu corpo... o poder invisível, magnético enche suas pernas, energizando e fortalecendo... as águas sobem da terra, para dentro de suas pernas... subindo... para sua lombar... e preenchendo seus rins, um caldeirão de poder da Terra... você respira o poder para cima... subindo da terra, através dos seus rins, subindo pela sua coluna... para dentro do seu coração... enchendo e ocupando um caldeirão em seu coração com cura, restaurando a energia... o poder subindo das profundezas, através da sua lombar, através do seu coração... subindo pela sua coluna e para dentro da sua cabeça... preenchendo um caldeirão de sabedoria e visão atrás de seus olhos... e subindo ainda, ocupando todo o seu corpo e fluindo para fora novamente através do topo de sua cabeça... através das suas mãos... fluindo para fora ao redor do seu corpo e de volta para dentro da terra... o poder sob a Terra flui em você... aterrando-o na fonte da vida...
Agora imagine o céu sobre sua cabeça... o Sol e a Lua e, muito além deles, as estrelas... imagine uma estrela solitária no centro do céu, brilhando diretamente sobre sua cabeça... o centro do seu céu interior, sua própria Estrela Polar... um jato de luz brilhando diretamente daquela estrela... jorrando para baixo entre o Sol e a Lua... luz dourada, prateada e branco-azulada... o brilhante, quente, elétrico poder do céu... a luz toca sua cabeça, enchendo e iluminando o caldeirão como o Sol ou a água calma... brilhando do alto... preenchendo sua cabeça com um poder tépido e estimulante... fluindo para baixo, para dentro do seu coração... aquecendo o caldeirão... brilhando através da cabeça e do coração, iluminando as águas... descendo para alcançar sua lombar... o Caldeirão brilha com o poder do céu em sua lombar... uma luz elétrica, formigante em sua cabeça, coração e rins... a luz flui para baixo, para dentro da Terra, e você está brilhando e fluindo com os poderes combinados da Terra e do Céu... a matéria-prima da magia... o caos do potencial e a ordem do mundo...
Esses poderes estão equilibrados em você... seus para moldar e usar... sempre com você, de alguma forma... mas, por hora, permita que os poderes recuem... as águas para a Terra, a luz para o Céu... sabendo que, sempre que se sintonizar com eles, irá tornar-se mais harmonizado, mais uno com os poderes... respire profundamente... e permita que sua consciência volte ao seu estado comum... enquanto abre seus olhos...