Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Nosso Medo

NOSSO MEDO

- por Nelson Mandela -

Nosso medo mais profundo

Não é o de sermos inadequados.

Nosso medo mais profundo

É que somos poderosos além de qualquer medida.

É a nossa luz, não as nossas trevas,

O que mais nos apavora.

Nós nos perguntamos:

Quem sou eu para ser Brilhante,

Maravilhoso, Talentoso e Fabuloso?

Na realidade, quem é você para não ser?

Você é filho do Universo.

Você se fazer de pequeno não ajuda o mundo.

Não há iluminação em se encolher,

Para que os outros não se sintam inseguros

Quando estão perto de você.

Nascemos para manifestar

A glória do Universo que está dentro de nós.

Não está apenas em um de nós: está em todos nós.

E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,

Inconscientemente damos às outras pessoas

Permissão para fazer o mesmo.

E conforme nos libertamos do nosso medo,

Nossa presença, automaticamente, libera os outros.

Nota de Wagner Borges:

Nelson Mandela nasceu a 18 de Julho de 1918, na província sul-africana do Cabo Oriental. Durante os seus anos de estudante, Mandela lutou contra as cada vez mais injustas e intolerantes leis do apartheid e em 1944 ajudou a criar uma divisão juvenil do Congresso Nacional Africano (ANC). Juntamente com Oliver Tambo, fundou também o primeiro escritório de advogados de raça negra na África do Sul. Durante o período em que esteve preso, devido às suas atividades políticas, ele e outros membros do ANC foram acusados de conspirar para derrubar o governo através de atos de violência. Em 1964 foi condenado à prisão perpétua. Durante os 27 anos que permaneceu na cadeia, Mandela converteu-se num poderoso símbolo internacional da resistência contra o apartheid e a injustiça.

Em 1990 foi posto em liberdade e voltou ao trabalho de toda uma vida, a que dera início quase quatro décadas antes. Em 10 de Maio de 1994, nas primeiras eleições democráticas realizadas na história da África do Sul, deram o poder a Mandela, que se converteu no presidente do país. No ano anterior, Mandela recebera o prêmio Nobel da Paz, juntamente com o primeiro presidente sul-africano F.W. de Klerk, pelo seu esforço conjunto para acabar de forma pacífica com o apartheid. 

Obs.: Recentemente foi lançada mais uma biografia de Mandela. Para maiores detalhes sobre a mesma, veja a sinopse da obra – extraída do site “Mundo Negro” – Portal da Comunidade Afro-Brasileira - http://www.mundonegro.com.br.

Mandela - A mais nova biografia do líder contra o Apartheid, chega ao Brasil com prefácio de Kofi Annan e Desmond Tutu.

Sábado, 21 de Abril de 2007.

 “Mandela – Retrato Autorizado”, a mais recente biografia realmente autorizada de Nelson Mandela, chega ao Brasil pela Alles Trade Editora, com patrocínio exclusivo da Biolab Sanus Farmacêutica. O lançamento que aconteceu no dia 27 em São Paulo, teve a presença de Mac Maharaj, membro fundador do Movimento Anti-Apartheid e consultor editorial da publicação ao lado de Ahmed Kathrada, ex-preso político em Robben Island.

Com prefácio de Kofi Annan, ex-secretário geral da ONU, e introdução do Arcebispo Anglicano Emérito da Cidade do Cabo, Desmond Tutu, o livro conta com 60 entrevistados em todo o mundo. São, portanto, 60 pontos de vista diferentes sobre Mandela, além de destacar as mais variadas facetas de um dos grandes homens do século 20, que promoveu a reconexão entre a justiça e a política. Mac Maharaj e Ahmed Kathrada localizaram todas essas fontes e realizaram uma pesquisa de conteúdo e fotográfica intensa que resultou em uma coletânea de imagens raras e algumas inéditas.

Amigos, familiares e pessoas que tiveram alguma ligação com Mandela no âmbito político e religioso, como Bono, vocalista da banda U2, o ex-presidente dos Estados Unidos, Bill Clinton e Tony Blair, primeiro-ministro inglês, deram seus depoimentos. Porém, segundo Mac Maharaj, “o que tornou este livro tão especial foi que ele não mencionou apenas os grandes nomes, permitindo que Mandela seja visto de diferentes perspectivas e experiências, sentidas particularmente”.

“Mandela – Retrato Autorizado” se tornou um complemento da autobiografia de Nelson Mandela, “Longo Caminho para a Liberdade” (Companhia das Letras), feita com escritos produzidos durante o tempo em que ficou preso. Mac Maharaj, que passou 12 anos preso em Robben Island, lendária ilha-prisão de segurança máxima ao largo da Cidade do Cabo, com Mandela, comenta que “o livro reuniu um conteúdo tão concreto que materializou a constatação de que os fatos passados durante a transição da África democrata são exatos”.

A publicação será distribuída a todos os Estados do Brasil em livrarias e grandes redes, como Fnac, Cultura, Saraiva, Siciliano, Livraria da Villa, Sodiler, La Selva, Para Ler e Livraria Curitiba, além de livrarias de rua.

“Mandela – Retrato Autorizado” foi publicado em 10 línguas e vendido em mais de 20 paises, como França, Inglaterra, Bélgica, Suíça, Áustria, Nova Zelândia e, agora, o Brasil.

A primeira edição foi lançada em outubro do ano passado, com tiragem inicial de 250 mil copias. A primeira reimpressão atendeu um pedido de 65 mil unidades destinadas à Austrália, Estados Unidos, Dinamarca e África do Sul.