Por favor, preencha a atmosfera com a vibração sublime dos Santos Nomes:
Hare Krsna Hare Krsna Krsna Krsna Hare Hare Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare

quarta-feira, 25 de julho de 2007

Os Espíritos e os Anjos do Umbanda - Uma Versão

A Umbanda, adotou os nomes africanos de alguns orixás, e sincretizou-
os aos santos católicos. O Umbanda e o Candomblé sabem, que embora
exista o sincretismo, cada santo ou orixá, tem seu agir próprio e
independente. Assim, de região para região encontramos diferenças no
sincretismo, por exemplo; Na Bahia, Ogum é sincretizado com Santo
Antonio, já em São Paulo, encontra o sincretismo de ogum com São
Jorge e assim em cada raiz Umbandista, o sincretismo pode variar.
Viajando pela América Central encontramos a figura da "SANTERIA que é
uma semelhança do Umbanda. Na santeria, para termos uma idéia, Xangô
é sincretizado com Santa Bárbara.Contudo, os Orixás estão para nos
servir, na medida do nosso mérito,e sua manifestação, para nós
Umbandistas, ocorrem através dos espíritos, que trazem suas mensagens
e palavra dos planos superiores. Dentro da Umbanda cultuamos os
seguintes orixás;

1) OGUM - ministro e patrono das lutas em prol da justiça da
humanidade

2) OXOSSI - ministro protetor dos alimentos e dos caçadores

3) OMOLU ou OBALUAYE - é o Orixá das doenças, por isso a ele não se
pede saúde, se pede para que as doenças sejam levadas embora da
pessoas

4) NANA BURUIKU - ministra protetora dos partos

5) OXUM - ministra do Amor e da fecundidade

6) OXUMARE - ministro das águas do céu e da riqueza da terra

7) IANSA ou OIA - ministra protetora das tempestades e dos raios

8) IEMANJÁ - (em africano Iemanjá), mãe protetora dos navegantes e
mãe dos orixás

9) XANGO - Ministro da Justiça e

10) OXALÁ - Ministro e Senhor da Paz, a quem os orixás obedecem
sempre.

Não esquecemos obviamente dos ibejis ou eres (espíritos de crianças)
e nem de Exu.

Os IBEJIS, vivem com seus orixás.

Exu, é o mensageiro do terreiro, e portanto o que leva nossos pedidos
aos orixás.

Exu é o guardião dos caminhos espirituais e materiais, é o
encarregado de policiar o espaço e os caminhos da humanidade.

Exu, trabalha em diversas vibrações e em diversos locais, assim,
quando se manifestam pela primeira vez, já trazem seu nome.

Exu não é malcriado, pelo contrário, é bem educado, é sábio, e
procura sempre, sempre mesmo, afastar o homem dos caminhos ruins,
procurando mostrar que sem o plantio, não haverá colheita.

Exu nada tem a ver com o diabo ou demônio.

Exu é um espírito que já viveu na terra, e que por ordem dos
Ministros espirituais, trabalha como policial do espaço.

Os orixás não fazem milagres, e são apenas anjos encantados, que são
subordinados ao poder de Deus, e a Ele obedecem sem nenhum
questionamento.

No Umbanda encontramos os espíritos de PRETOS VELHOS, CABOCLOS,
BAIANOS, MARINHEIROS, BOIADEIROS, CIGANOS, POVO DO ORIENTE EXUS E
POMBA-GIRAS.

Pretos velhos - São espíritos que simbolizam a humildade, a esperança
e a fé. Trazem consigo lições de vida, mostrando que o idoso, tem
mais conhecimento da vida do que os jovens pensam. Os pretos velhos
trabalham na evangelização e na prática da caridade, para se fazer
cumprir o evangelho de Jesus. Gostam de seus cachimbos, com fumo
perfumado para defumarem o ambiente, trazem muita oração e rezas.

Caboclos - espíritos indígenas que trabalham com a invocação da
natureza verde, de passes magnéticos de curas e de harmonização do
homem com o plano astral. Os índios ou caboclos gostam muito das
matas virgens, e trazem os remédios através das folhas e ervas como
medicina alternativa.

Baianos - são espíritos ligados ao Nordeste Brasileiro, que viveram a
vida ou parte da vida naqueles estados, e apreenderam mistérios de
Catimbó e da pajelança. São responsável pela esperteza que deve
nortear o homem na sua jornada. São espíritos que trazem alegria,
descontração e conselhos sobre os plantios. Os trabalhos dos Baianos
são cercados de mistérios, com seus cocos, azeite de dendê, comidas e
cantigas. São espíritos mais próximos de nós.

Enquadram-se na linha de baiano, os espíritos de Marinheiros (que tem
ligações com o Mar e Iemanjá), os Caboclos boiadeiros (trabalhadores
do serão nordestino ) e são responsáveis pelo domínio e luta contra
as falanges malignas.

Exu - que como já falamos representa o policial do espaço.

Nosso amigo Zé Pelintra, que é Mestre de Catimbó, e que vem nas
linhas de preto velho, de baiano e de Exu.

Zé Pelintra, cercado de seus mistérios, com sua bengala, seu chapéu e
seu terno branco. Suas rezas, suas comidas, suas bebidas, seus passos
e sua dança, são apropriados para cada ocasião em que ele entender
assim. Zé Pelintra, amigo das crianças, guia dos desamparados, que
faz da Umbanda A RELIGIÃO DA CARIDADE, como deve ser em todo lugar.
Sarava a todas as falanges do bem.